TESTES OBRIGATÓRIOS PARA O CILINDRO DE CO2

09:57 By ACQUATICOS , In

Além do custo da recarga, por lei é preciso e devemos realizar alguns testes muito importantes em nosso cilindro de tempos em tempos como teste visual, teste de massa, teste de capacidade e o teste mais importante que é o teste hidrostático para nossa própria segurança.
O teste visual é realizado como padrão, e é dada uma atenção especial aos cilindros pintado, pois como todos sabem cilindros de aço pode estar sujeito à ferrugem, em algumas marcas mais que outras, devido à quantidade de carbono usado na composição do aço quando fabricado, precisamos salientar também que a ferrugem em cilindros de aço é geralmente um resultado de descuido por parte de seu usuário, cilindros de alumínio também podem ser corroídos externamente ou internamente, especialmente se forem utilizados em aquários de água salgada.
CILINDROS EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE MAMUTENÇÃO



O teste visual para ser realizado cuidadosamente e com uma inspeção minuciosa é preciso à remoção total da pintura para uma melhor visualização externa que é realizada à procura de danos ou de alterações que podem incluir protuberâncias, dentes, escavações, cortes, corrosões por ferrugem e amassados ou reparos feitos por solda, uma inspeção interna também é realizada à procura de ferrugem, incrustações e corrosão, em casos onde se encontram ferrugem ou corrosões internamente e não estão além do reparo são escovados utilizando diversas formas de escova de aço ligado a uma haste longa dirigido por um motor elétrico que gira em aproximadamente 90 a 100 rpm por até oito horas, dependendo da gravidade da corrosão que em seguida, é limpo e inspecionado internamente, este processo consome tempo causando um custo adicional.
CILINDROS PASSANDO POR TESTE VISUAL INTERNO


CILINDRO PASSANDO POR TESTE VISUAL EXTERNO

O teste de massa é para realizar um teste de tara, pois quando o cilindro é pesado seu peso deve estar igual ao peso original estampado no gargalo do cilindro.
No teste de massa de água ou capacidade o cilindro é preenchido com água e pesados e o peso em relação à água a capacidade de peso original estampado no gargalo do cilindro desta forma podemos ver se o cilindro recebeu expansão, sendo expansão máxima permitida é a capacidade de água do cilindro, em quilogramas dividido por cinco mil (1 / 5000), o teste de massa deve ser sempre aplicado, independentemente se houve ou não a corrosão geral só assim ela está sendo avaliada. Quando a capacidade massa apontar divergência entre o valor encontrado e o valor registrado, a remarcação da massa cheia de CO2 deve ser feita sobre a área no corpo da válvula contida no cilindro, de forma que os números possuam altura mínima de 3mm.
O teste de tara, massa de água ou teste de capacidade deve ser realizado caso não tenha certeza se houve expansão.
CILINDRO QUE PASSOU POR UM TESTE DE MASSA DE ÁGUA OU DE CAPACIDADE

CILINDRO QUE PASSOU POR UM TESTE DE MASSAE HOUVE DIVERGÊNCIAS DE VALORES

Para chegar ao teste hidrostático que ajuda a manter os padrões de segurança e durabilidade do cilindro ao longo do tempo, o cilindro passa por todas as inspeções anteriores, está pronto para ser testado hidrostaticamente, como não se trata de testes simples que pode ser realizado por qualquer um que tem uma mangueira de jardim para realizar a pressurização do cilindro preenchendo com água e examinar visualmente vazamentos, pois o nível de pressão alcançada neste tipo de teste não chegar perto do nível de pressão que seria usado em uma instalação de teste profissional, para isto estes testes devem ser realizados por empresas idônea, especializadas que possua uma estação de teste em cilindro sendo que elas estão aptas a garantir a segurança do cilindro, assegurando que o cilindro é forte o suficiente para suportar a pressão que ele obviamente vem descrito em seu corpo.
EQUIPAMENTO UTILIZADO PARA REALIZAR O TESTE HIDROSTÁTICO


Para realização do teste o cilindro é colocando numa câmara de ensaio e preenchido com água e corantes fluorescentes, que normalmente são adicionados à água para uma fácil percepção de vazamentos, e ligado ao painel de teste onde o cilindro é pressurizado a uma pressão de ensaio sempre maior que a pressão descrita no cilindro, com uma margem de segurança, onde esta margem de segurança é normalmente 150% ou 5 / 3 da pressão normal de funcionamento do cilindro, ou seja, 3000 PSI, para cilindros com pressão de trabalho de 1800 PSI, 5000 PSI para cilindros com pressão de trabalho de 3000 PSI, e 7500 PSI, para cilindros com pressão de trabalho de 4500 é mantido ali por até um minuto, assim é verificado se há vazamentos ou falhas que podem ser encontrados nos cilindros de CO2, mas para se ter a precisão no teste é preciso remover as bolhas de ar no sistema, e temperatura deverá estar em torno de 75 ºC, para uma leitura mais precisa, depois a pressão é liberada lentamente.
COMO FUNCIONA A CÂMARA UTILIZADA PARA REALIZAÇÃO DO TESTE HIDROSTÁTICO

PRESSÃO QUE UM CILINDRO PODE SOFRER DURANTE UM TESTE HIDROSTÁTICO

CILINDRO PASSANDO PELO TESTE HIDROSTÁTICO



A água é comumente usada porque é quase incompressível sendo compressível somente por peso, portanto só vai ampliar em uma quantidade muito pequena, caso seja utilizado um gás de alta pressão, o gás iria expandir talvez centenas de vezes o seu volume compactado o que pode causar uma explosão, com o risco de danos ou ferimentos, este é o risco que o teste pretende evitar.
Após o cilindro ser desconectado do painel de teste e virado para baixo para drenar a água logo depois é secado com ar quente, passando por uma inspeção interna final para garantir uma secagem adequada.
CILINDROS SENDO DRENADOS E SECOS


A reprovação no teste hidrostático implicaria na perda da garantia e de funcionalidade no cilindro de CO2 que devera ser condenado e destruído, não sendo mais permitido seu retorno e utilização novamente a fim de evitar danos caso eles forem utilizado posteriormente, mas só vem a ser destruído em conformidade com algumas normas para ser inutilizados aonde o processo para o descarte do cilindro e da seguinte forma, a pintura vem a ser totalmente removida e anotada no recipiente ou cilindro, à punção com a expressão “condenado”, juntamente com os valores obtidos no teste hidrostático como ano da execução do ensaio hidrostático, logotipo ou marca da empresa prestadora do serviço, o termo “VIST”, sendo que as letras e números do punção devem possuir altura mínima de 5mm, e a identificação deve ser pintada em cor contrastante com a do corpo do cilindro, e juntamente com a identificação da empresa executante, e com a permissão do proprietário, devem ser destruídos.
CILINDROS QUE EXPODIRAM OU APRESENTARÃO ALGUM PROBLEMA DURANTE O TESTE HIDROSTÁTICO



CILINDRO QUE EXPODIU PELA FALTA DE TESTE E MANUTENÇÃO

Mas existe um teste obrigatório que deve ser realizado a cada dois anos que só e realizados em cilindros de alumínio fabricados a partir da liga 6351 de alumínio, estes cilindros devem passar por um teste de ultra-som para inspecionar rachaduras no pescoço que podem ter desenvolvido ao longo do tempo relativo a esse grau de alumínio. Este teste é indicado como parte do carimbo de teste, que às vezes leve o nome do instrumento de ultra-som utilizado para realizar o teste "Visual Plus". Caso o cilindro não tenha este carimbo de teste atual, não deve ser utilizado.
Mas não são só estes testes acima descritos que nosso cilindro de CO2 passa quando levamos a uma empresa idônea que presa por nossa segurança, ele também passa por uma limpeza dos componentes aparentes, limpeza interna e desobstrução dos componentes que estão sujeitos a entupimentos, inspeção visual das roscas dos componentes removíveis e verificação dimensional para as roscas cônicas dos cilindros, regulagem da válvula de alívio, de forma que a abertura da válvula de alívio ocorra entre 1,6MPa e 1,8MPa (16kgf/cm² e 18kgf/cm²), exame visual dos componentes de com auxílio de lupa, os quais não podem apresentar rachaduras ou fissuras, reaperto de componentes enroscados que não estejam submetidos à pressão, aperto adequado, para a válvula de descarga, aplicação de novo tratamento superficial, seguido da pintura e colocação do quadro de instruções no cilindro quando necessário.
Quando um cilindro passa por um teste hidrostático de alta pressão ele é carimbado geralmente este carimbo fica entre o colarinho e o ombro do tanque e estas informações que o testador precisara para o próximo teste como número de série, fabricante e data de fabricação a especificação do fabricante do quanto o cilindro deve expandir antes que ele seja considerado inseguro o mês e ano, em que o teste foi realizado e o símbolo de identificação da empresa que realizou o teste, a marca da empresa geralmente é algo simples como um diamante ou um triângulo com uma letra S dentro. Todas estas informações são necessárias para manter o controle de quando o cilindro foi ou precisa ser testado novamente.
ANOTAÇÕES QUE DEVEM SER ANOTADAS NO CILINDRO QUANDO OS TESTES SÃO APLICADOS



Suspeite de cilindro com valores muito abaixo do mercado, o ideal é que se compre um cilindro novo de preferência os de alumínio polidos, mas dificilmente iremos adquirir um cilindro novo, por ser muito caro, evite comprar cilindros de aço cromados, apesar de serem mais bonito podem esconder defeitos, também um futuro teste visual será comprometido devido a não remoção da película cromada, e muito cuidado também ao comprar um cilindro com uma pintura nova e brilhante, podemos supor que o cilindro seja novo, mas em muitos do caso se trata de um cilindro recondicionado, caso seja um cilindros antigos ele deve têm cravados na lateral as datas do último teste hidrostático, quando comprarmos um cilindro usado, devemos observar como estão essas marcas provavelmente haverá duas ou três datas já marcadas, se o último teste é recente e se os demais respeitaram o prazo de 5 anos, devemos observar também se o cilindro esta amassados ou com ferrugem.
CILINDRO CROMADO SEM ANOTAÇÕES NECESSARIAS DO FABRICANTE OU TESTES REALIZADOS

Para nossa segurança, não devemos comprar um cilindro com teste vencido, não deixe de fazer o teste após o prazo ter expirado, após a aquisição do equipamento e nem insista em utilizar um cilindro que não tenha passado no teste. Na verdade, a pessoa ou empresa que vende ou monta o cilindro, se for idônea, não o fará se as condições acima não forem seguras.
CILINDROS NOVOS COM TODAS AS INFORMAÇÕES DE TESTE REALIZADOS PELO FABRICANTE



Basicamente o cilindro deve ser submetido ao teste hidrostático a um intervalo máximo de 03 ou 05 anos, de acordo com a norma técnica usada pelo fabricante, e contados a partir de sua data de fabricação ou da realização do último teste hidrostático, ou quando apresentarem qualquer uma destas situações, remoção total da pintura, corrosão, amassados ou reparos de solda, falta da identificação do teste hidrostático, ou quando submetidos a danos térmicos ou mecânicos, este e outros testes são muito importantes porque estes recipientes podem explodir caso falte manutenção.
Lembre se que os testes descritos acima só podem ser realizados e aplicados em cilindro recarregáveis e cilindro de paintball nunca em um cilindro descartável.

CLEBER LUIZ DA SILVA

5 comentários:

Anônimo disse...

Salve hermano, gostaria de fazer o pedido e a autorização para que eu possa postar tua materia no forun Aquahobby. Eu gostei muito das materias e quanto mais difundirmos melhor, rsrs! Bom, fica a teu criterio!
Abraço, paz e sorria sempre!

Wilsonr Cioffi disse...

onde se faz testes em são paulo. não to falando em escolas de mergulho que pegam o seu cilindro e botam a margem deles em cima. .geramlete quase 100pc do valor cobrado pela empresa. . grato.

Antonio Gonçalves disse...

Importantes esclarecimentos que possibilitam aos Bombeiros melhor conhecimento e segurança no trabalho de emergência.

Anônimo disse...

NOBREAK APC BACK-UPS 1500VA BI/115V BRAZIL
R$ 677,78

Alarmes sonoros: Oferece notificações sobre mudanças das condições de energia dos no-breaks e da energia de linha
Auto-teste automático: O auto-teste periódico da bateria assegura uma detecção antecipada de que a bateria precisa ser substituída
Bivolt Input: pode ser conectado em redes elétricas de 115V ou 220V
Regulagem Automática de Voltagem: Elimina flutuações de tensão como fonte de degradação de sinais audiovisuais e desgaste dos componentes devido às fontes de energia.
Detector falha na instalação elétrica: Este indicador LED informa os usuários sobre possíveis problemas de cabeamento na instalação elétrica que podem ser perigosos.
Partida a frio: Permite ligar o no-break para fornecer energia temporária de emergência mesmo quando não há energia elétrica.
Autonomia expansível: Podem ser adicionadas baterias suplementares para fornecerem energia para a carga por um extenso período de tempo no caso de uma falha da rede elétrica.
Gerenciamento inteligente de bateria: Maximiza o rendimento da bateria, a vida útil e a confiabilidade com um carregamento inteligente de precisão.
LED Indicators: Permite fácil entendimento do status do equipamento e da rede elétrica.
Proteção contra sobrecarga: protege o estabilizador, desligando- o automaticamente em casos de sobrecarga
Minidisjuntor rearmável: protege contra curtos circuitos de forma fácil. Evita troca de fusíveis.
Conectividade USB: Realiza o gerenciamento do No-Break via porta USB.

Part Number: BZ1500PBI-BR

Para maiores informações sobre este produto, acesse:
http://www.comprenobreak.com.br/nobreak-apc-back-ups-1500va-bi-115v-brazil-bz1500pbi-br.html

Elcio B. Tomboly disse...

Amigo, preciso de um cilindro de co2 para utilizar em como fonte de co2 para plantas aquáticas. Como saber se corro algum risco?

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO